translate

167 - penca

























Hoje acordei a meio da noite e cheirava a inverno.
Escrever isto não tem interesse nenhum.
Mas como sou eu que releio faço o que querno.

166 - cinto

























Os cintos deixaram de ter a utilidade prática que tinham.
Agora têm uma bastante mais estética.
Pois eu não uso um cinto desde o tempo em que não tinha rabo.

165 - triste
























Expressão triste.
Reflexo visceral.

164 - tatuagem

























Este teu desenho daria uma belíssima tatuagem.
E porque não seres tu próprio a fazê-la?

163 - treinos





















Gosto desta coisa de irmos aos treinos.
Assim sem pressão apenas sabendo que o dia da grande corrida vai chegar.

162 - velho




















Envelhecer não parece tão duro quando se vive envolvido em amor!

161 - WIP























Encontramo-nos numa era de transição.
Os estrangeirismos habitam diariamente as nossas conversas e pensamentos.
E as expressões viram siglas que viram palavras.

160 - kind of Elvis

























Será que o Elvis faria greve?

159 - mão


Uma pista, vaga pista, dirá que este artista é destro.
E não só de mão mas dotado de destreza e agilidade.

158 - future


















Cá estamos para abraçar o futuro.
E se Maomé não vai até à montanha... pois é,
que venha a montanha a Maomé.

157 - beiços

























Sinto tanto a tua ausência.
Já não me lembro da tua voz.
Trago-te, inevitavelmente, comigo todos os dias.
E sabe tão bem carregar-te pai.

156 - easy

























Desenhar é muito difícil.
Tentei fazer uma sardinha para o concurso de Lisboa e não consegui.
Mas para ti, só com duas ou três linhas, pam! um boneco fixe.

155 - comerciante

























Hoje perguntaram-me se estava ou não em Portugal
como se passasse os meus dias em viagem.
Não seria um problema, parece-me,
mas no caso estamos mesmo por cá.
Este comerciante vem da Índia.
Os próximos poderão vir, sem qualquer problema, da América Latina,
do Japão ou até da Austrália!

154 - camaleão














És um camaleão!
E a cada cor uma surpresa.

153 - dark eyes

























A insegurança é madrasta.
A instabilidade é corrosiva.
É duro tomar decisões.

152 - baleia






















Sabiam que os bebés quando nascem são parecidos com o pai?
Em tempos era a única forma de garantir que eram seus.

151 - à mesa

























Gosto muito de ter uma refeição ao domingo que seja
à mesa mas acima de tudo em família.
Família de 10, 5 ou mesmo 2!

150 - boné

























Fico impressionada com o trabalho de um DJ "à séria".
Cada vez surgem mais e melhores.
E esta coisa do vídeo-scratch veio para ficar.

149 - bandarilheiro

























A moda lisboa - que me é totalmente indiferente - arranca hoje.
E este bandarilheiro fez-me lembrar os mascarados que andarão por aí!

148 - salsicha
















Hoje é dia da mulher.
E este salsicha foi uma tentativa de imitares os meus desenhos.

147 - elefante




















Adolescente: "Tão fofinhoooo!"
(rapariga ou mesmo rapaz)

146 - in & out

























Por vezes variamos entre a mó de cima e a de baixo.
Mas Deus escreve direito por linhas tortas.
Esperemos que vivam os hiper.

145 - buondi

























Lembro-me perfeitamente do dia em que fizeste este desenho.
E já foi há três anos!

144 - rã


Já pernas de rã são boas mas a ideia da perninha a saltitar
até ao fundo do estômago, dá que pensar a cada chinca.

143 - galinha

























A galinha é o bicho mais comido no mundo.
Não vi até hoje outro animal que entrasse tão bem
quer em goelas ricas quer em pobres.
Será o jantar!


142 - face




















Por vezes a nossa face transparece sentimentos que não são os mais certos.
Podia dizer então que nem sempre a forma se adequa ao conteúdo.

141 - little




























Eu não sou pequena.
Sou concentrada.
E ainda há a história da sardinha!