translate

326 - maço

























Derrota do maço: renasce em tela.

325 - tabaco

























Vitória do homem: eu decido quando fumar.

324 - cutelo























É tempo de largar os vícios.
E não o mais óbvio mas outros que constam da definição.

323 - JP

























Aqui fica imortalizado um forte abraço ao JP.

322 - Odisseia

























Irá Odisseia revolucionar a ficção televisiva nacional?

321 - sombra

























Este inicio de ano está a ser muito peculiar.
Só pode vir coisa boa.

320 - vendedor

























Chateio-me da rotina mas há rotinas para as quais não me chateia voltar.
É desta, a que agora escrevo.

319 - fotografia

























Hoje num post um pouco mais longo.
Ontem ao fim do dia fiquei triste com a comunidade cibernauta portuguesa.
Este já habitual apedrejamento em murais, de pessoas que têm momentos infelizes só demonstra, a meu ver, demasiado tempo livre e sobretudo uma vida muito pouco interessante da maior parte de nós.
Brincar, partilhar porque a rapariga é tonta ainda acho normal, agora achincalhar e fazer disso um drama como se ela fosse o reflexo do mais podre que há num português, é que acho demais. Podre é perdermos energia com quem não interessa para nada ou com uma marca cujo "patrão" está a milhas do que se passa aqui.
Então e estes nossos políticos que roubam a seu bel-prazer, esses não são "atrasados"? Não precisarão eles de terapia? Sobretudo de choque?

318 - black power

























Mulher negra de cabelo rapado: gosto.

317 - saudade



















1. tenho de digitalizar mais desenhos.
2. tenho saudades tuas.
3. muitas.

316 - pele

























Quando o estranho deixa de ser tabu,
o que virá a seguir?

315 - mariju

























Fotografia de um desenho-presente para a Mariju. Merci.